História

A ocupação humana na área da Freguesia de Nossa Srª da Anunciada, remonta a uma grande antiguidade, achados arqueológicos, identificam essa ocupação desde a Pré-história, com particular incrementam no período romano.

Após a queda do Império Romano, até à conquista definitiva de Palmela aos mouros e concessão de Foral a Setúbal em 1249, há um longo período desconhecido, por escassez de documentação.

 Mas, que esta zona era já ocupada no início do séc. XIII, por uma comunidade predominantemente piscatória, é um facto, prova-o a LENDA DA ANUNCIADA, que atribui o "Milagre" do achamento de Nossa Senhora Anunciada por volta de 1250 e que esteve na origem da criação da Confraria da Anunciada em 1368 e da própria Freguesia em 1553.

* "Conta a lenda, que vivia junto à praia, numa pobre casa, uma mulher que diariamente saia para buscar fragmentos de madeira, trazidos pelo mar, para se aquecer.

E aconteceu, que trazendo de uma vez, uns poucos cavacos, os atirou ao lume, e que um de diminuto tamanho, fugia à voracidade das labaredas, saltando sempre que era lançado à fogueira, com reiterado pulo; o que causou admiração à mulher que resolveu examiná-lo, verificando tratar-se de uma imagem de Maria Santíssima. Atónita, com o que vira, saiu de casa preconizando o milagre e expondo à inspeção do povo a Sagrada Imagem, denominada de invocação a Nossa Senhora Anunciada, pela anunciação feita pela dita mulher".

A crença no milagre, e a grande devoção à pequenina imagem levou à construção, no local onde se diz ter verificado o milagre (atual praça Teófilo Braga) da Igreja da Confraria da Anunciada e que mais tarde veio a servir de Igreja Paroquial.

O compromisso, estatuto da confraria, ainda hoje se mantém, numa cópia setecentista, guardada no Museu da Cidade de Setúbal. Assim como, o Relicário onde está colocada a pequenina imagem, valiosa obra de ourivesaria, mandada executar por D. Manuel, confrade da Anunciada.

Muitos são os milagres atribuídos a N.ª Sr.ª Anunciada, sobretudo em anos de seca, pelo que também é denominada de Sr.ª da Água e/ou Sr.ª da Chuva, mas outros epítetos lhe são atribuídos ,Sr.ª Pequenina, Sr.ª Angelical.

Nossa Senhora da Anunciada celebra o dia da sua invocação a 25 de Março.

* transcrição do Livro do Compromisso da Confraria de Nossa Senhora da Anunciada.